Imagem capa - Vale a pena Casar fora do país? por Victor Ataide
Dicas para NoivasBlog

Vale a pena Casar fora do país?

E aí, pessoal, tudo bem?  2020 chegou, e para muita gente, esse vai ser o ano de seu casamento! 


Já falamos muito sobre planejamento de casamento, não é mesmo? Mas claro, o assunto nunca se esgota. Por isso, hoje quero falar sobre casar fora do país e todos os pormenores que envolvem este tipo de celebração.  


Aproveitando que em 2019 fiz uma viagem mais que incrível para um paraíso chamado Cancún, no México para fotografar e ser testemunha de um casamento lindo e bem exclusivo, relacionei os principais pontos sobre um tipo de cerimônia, cada vez mais comum: e Elopement Wedding. A Cheers Travel é uma empresa no Brasil que faz todo o trabalho de assessoria/cerimonial do casamento, olhando todas as questões burocráticas, os melhores locais e horários para o seu casamento, além claro de estar com o casal no grande dia.





Ahhhh! Preciso deixar bem claro, que estou falando da junção de duas coisas: casar fora do Brasil e casar em uma cerimônia muito intimista. 😊


O Elopement Wedding é uma proposta de casamento com um número bem reduzido de convidados, restringindo muitas vezes, à presença apenas ao casal. Uau! Uma diferença gritante para as cerimônias tradicionais e suas igrejas cheias. 


É também uma opção econômica, que se torna viável para aqueles casais com orçamento apertado e que não querem deixar de curtir uma lua de mel especial. Afinal, já pensou casar-se num paraíso natural e logo em seguida, mergulhar em águas cristalinas, em praias surreais?


Um sonho possível? Claro que sim! Mas antes de darem esse passo, os noivos precisam se planejar financeiramente e com bastante antecedência. Afinal, cruzar céus e mares tem seu custo. E para que as pessoas mais importantes da vida de vocês possam testemunhar esse grande momento, o ideal é que o convite seja enviado com pelo menos um ano de antecedência. Assim, seus convidados terão tempo hábil para a adquirir as passagens aéreas e as hospedagens. 



Dependendo da localidade, é fundamental checar se há necessidade de visto ou algum tipo de burocracia quanto à permanência em suas praias ou reservas naturais. Já existem agências especialistas neste tipo de casamento em várias partes do Brasil, com condições exclusivas para os convidados.  Os serviços variam, mas em muitas já contemplam, inclusive, a participação do celebrante. Vale a pena consultar! Claro, e para as fotos, é só me chamar! Estou inlove com as viagens que tenho realizado para fotografar tantos casais queridos, hahaha! 





Outra sugestão importante diz respeito ao traje da festa. Os noivos ao enviarem o convite, já devem sinalizar que as roupas precisam estar condizentes com a proposta do casamento, ou seja, leves, fluidas, com cores claras, e de preferência, sem sapatos, despidos de toda e qualquer formalidade. Afinal, esse é um casamento lindo, leve e solto!


São muitas as vantagens desse tipo de casamento. Mas o casal precisa estar atento a alguns pontos, administrando situações embaraçosas e perguntas e piadinhas que podem se tornar frequentes, tais como: “por que optaram por esse tipo de casamento?”, “vocês vão bancar a viagem dos convidados?”, “estão podendo, hein?”. E é bem possível que algum familiar se chateie por não ser convidado, afinal, esta é modalidade de casamento ainda desconhecida por muita gente e não se pode esperar que todos compreendam o significado de uma cerimônia mais restrita, em um lugar bem distante. 


Bem, muita coisa, né? Mas para aqueles casais que estão pensando seriamente em oficializar o relacionamento, fica a sugestão! 







Um abração e até a próxima!

Casamento em Cancún / Caribe / Cheers Travel / Fotografia de Casamento / Destination Wedding / Casar em Cancún