Imagem capa - SOBRE UMA EXPERIÊNCIA INCRÍVEL NO CHILE por Victor Ataide

SOBRE UMA EXPERIÊNCIA INCRÍVEL NO CHILE

E aí pessoal, tudo bem? Hoje quero falar com vocês sobre a minha última viagem: sim, sim, sim! Estive no Chile fotografando (Pós-Casamento) um casal super bacana, a Poliana e o Marcos.

Essa trip faz parte do meu #setembroinsano, um mês recheado de casamentos e muita adrenalina. 

 

Foram 3 dias de viagem para explorar as belezas do país vizinho e fazer registros nada menos que sensacionais aproveitando as maravilhosas paisagens que Deus reservou para a gente.


Nesses dias muita coisa aconteceu! Vou tentar sintetizar tudo para que vocês tenham noção do que foram esses momentos.


1º: Cidade fantasma. Chegamos no feriado nacional do Chile, ou seja, nos dias 18 e 19 de setembro, praticamente tudo fica parado no país. Assim, precisamos nos desdobrar para encontrar locais onde comer, por exemplo. O Mc Donald's foi uma mãe! O único lugar que encontramos, claro com um preço super acessível. Ainda bem que consegui trocar um pouco de dinheiro (Peso Chileno) no Brasil antes de viajar.


Para vocês terem noção do que vivemos, imaginem uma cidade fantasma, sem ninguém, lojas fechadas, nada funcionando... imaginou? Pois é, é isso mesmo.



2º Google Maps salvador. Após diversas tentativas, conseguimos alugar um carro. E o Google Maps foi o parceiro de uma viagem um tanto desconfortável que durou aproximadamente 3 horas até o Cájon del Maipo.




3º: Andar, andar, andar.  Se tem algo que fizemos exaustivamente foi andar. Após a longa viagem de carro, andamos muito para chegar a Cájon del Maipo, e o Marcos ainda precisou carregar a mala com as roupas do casamento por cerca de 30 minutos. Insano!





4º Frio extremo. Quando partimos rumo a Santiago, sabíamos que estaríamos sob a permissão de Deus, ou seja, estaríamos sujeitos a enfrentar nevasca, calor imenso ou apenas muito frio.  Conscientes disso, partimos rumo ao nosso tão esperado destino para produzir mais fotos da Lua de Mel. Chegando lá, um frio de outro mundo (-3ºC)! Os noivos se trocaram rapidamente enquanto eu fiquei de costas, um ajudando o outro e depois, conseguimos fazer 4 minutos cronometrados de fotos. Nisso, outra correria para trocar de roupa e vestir as pesadas roupas de frio, essenciais para suportar as fortes rajadas de vento que a nevasca produzia.




5º Tudo foi programado por Deus. Quando parti de Guarulhos/SP, sabía que o que aconteceria durante a viagem seria de acordo com o que Senhor havia programado. E em meio a tantas coisas, dificuldades, Ele tornou esses dias especiais. Foram momentos inesquecíveis, que com certeza serão lembrados pela Poli e pelo Marcos por toda a vida.

 

Por isso, recomendo sempre levar um fotógrafo para a sua Lua de Mel. Com certeza, um olhar apurado e boas técnicas renderão fotos maravilhosas que serão guardadas com todo amor do mundo!

 

É isso aí galera, confira abaixo algumas fotos: