Imagem capa - RELATOS DA NOIVA ANALICE - PARTE #2 por Victor Ataide
Dicas para NoivasBlog

RELATOS DA NOIVA ANALICE - PARTE #2

Se você não leu a 1ª parte, clique aqui!



Já no que diz respeito fotografia e filmagem, minha dica é para que não economize com esses fornecedores. Exija o melhor, pois são eles os responsáveis por eternizar o grande momento pelo resto da vida. Pense nisso. No final, o barato pode sair caro. O fotógrafo oficial do nosso casamento, claro que é o Victor Ataide. Não o conhecia pessoalmente, mas era um nome que eu já tinha visto em vários posts na internet, sem contar que a minha irmã deu o maior incentivo. Logo que comentei sobre fotografia, ela me disse que eu deveria fechar com ele, pois já tinha acompanhado vários casamentos que ele havia registrado e que era simplesmente fantástico. Não só minha irmã, como várias pessoas elogiaram o seu trabalho, e quando pesquisei e encontrei o perfil dele no Instagram tive a certeza que era ele que faria o registro do nosso casamento. Cada foto que eu via ficava mais apaixonada pelo trabalho, e hoje, a cada novo post tenho certeza que fiz a escolha certa.



Durante a organização, aparecerão detalhes que você nem imaginava, mas que serão necessários e fundamentais para a realização do seu evento. Esteja pronta para ouvir que você precisa contratar, por exemplo: gerador de energia, empresa de limpeza, caçambas, brigadistas, etc. São alguns itens que eu nunca imaginaria contratar, quer seja porque eu achava desnecessário ou por achar que o espaço me forneceria. Mas durante a organização você percebe que é necessário, e fica segura que no seu grande dia, você terá o mínimo de aborrecimentos no momento mais especial e tão planejado.



Para facilitar a minha vida, eu dei prioridade para fornecedores que já trabalharam no espaço onde será realizado o meu casamento, pelo fato de eu estar longe, fico mais segura em saber que os principais fornecedores já conhecem e estão acostumados com o local. Isso não é um fato necessário, é apenas a minha decisão por estar longe e não poder visitar e acompanhar os fornecedores ao espaço do evento para terem conhecimento antes do evento. Para se ter uma ideia, fui ao Brasil uma vez após o início dos preparativos e consegui resolver tudo, não me preocupei por exemplo, e levar o decorador no espaço para me passar o que poderia ser feito. Agora, retorno na véspera do casamento e sei que está tudo encaminhado.






Sobre a escolha do vestido, sei que para muitas noivas é a parte principal e por isso, a ansiedade é grande para escolher logo o vestido dos sonhos. Confesso que comigo não foi bem assim, na minha cabeça eu iria escolher o vestido nos 45 minutos do segundo tempo, para ter certeza de que não apareceria um modelo mais bonito e eu me arrepender depois, e todo mundo falando que era para eu começar logo a busca e que eu já deveria ter feito há muito tempo. Resolvi começar a olhar de tanta pressão que as amigas faziam. E o caso é realmente sério. O meu vestido foi comprado aqui nos Estados Unidos. Comprei ele há quatro semanas, parece normal o prazo, mas não foi. Foi uma tensão na loja quando falei a data do casamento, e tudo piorou quando disse que iria para o Brasil no final de novembro. São 4 meses no mínimo para o vestido ficar pronto e estamos há aproximadamente 45 dias da viagem. Enfim conversaram com a marca e decidiram trabalhar sábados, domingos e feriados para conseguirem entregar o meu vestido. Por isso, meninas, não façam como eu! Não deixem para olhar próximo à data do casamento, principalmente se forem comprar, comece a buscar com o máximo de antecedência possível. Antes de começar a visita em lojas, procure modelos que você goste na internet e quando chegar nas lojas, o vendedor irá te direcionar para os modelos de sua preferência. E uma dica interessante se você for muito indecisa que nem eu, não olhe e nem experimente um milhão de modelos, você vai gostar de todos e no final não vai conseguir decidir o melhor. Eu experimentei 6 modelos, gostei de todos os 6 e não tinha ideia de qual escolher, cheguei na loja e olhei apenas a marca que eu tinha pesquisado e gostado e foi difícil escolher, imagina se tivesse visto a loja toda!



O que você achou? Deixe seu comentário abaixo...



Se você não leu a 1ª parte, clique aqui!



Aguarde a 3ª parte!